Caminhos do Mário: a história do poeta

quarta-feira, agosto 02, 2017

Atividade da Oficina Cultural Casa Mário de Andrade percorre os caminhos do poeta em São Paulo

Sob a perspectiva de Mário de Andrade, o público irá conhecer as ruas de São Paulo, cidade que inspirou a prosa e a poesia do pai do modernismo. O projeto Caminhos do Mário – Ecos da Paulicéia Desvairada é realizado pela Oficina Cultural Casa Mário de Andradeinstituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis. No dia 22 de agosto, o grupo irá percorrer o Centro de São Paulo, e no dia 5 de setembro será a vez de visitar a Barra Funda, bairro que o poeta morou por mais de duas décadas.
Mário de Andrade viveu em um período de intensa urbanização e industrialização de São Paulo, e acompanhou as transformações do maior centro cosmopolita do país. No curso, os participantes serão estimulados a criar obras artísticas inspiradas na trajetória do escritor, tais como: uma exposição fotográfica, peças radiofônicas, roteiro de vídeo, músicas e textos. O projeto começa no dia 8 de agosto e vai até 26 de setembro, todas as terças-feiras, das 14h00 às 17h00.

O grupo irá conhecer São Paulo a partir da leitura dos livros Táxi e Crônicas no Diário Nacional e Mário de Andrade Fotógrafo e Aprendiz. O curso é coordenado por Marcelo Abud, responsável por roteiro e pesquisa, e Paulo Toledo, responsável por fotografia e vídeo. No último encontro haverá um evento aberto ao público com apresentações provenientes do processo desenvolvido pelo próprio grupo.

Serviço
Curso Caminhos do Mário – Ecos da Paulicéia Desvairada
Coordenadores: Marcelo Abud e Paulo Toledo
Inscrições até o dia 8/8 no site: http://bit.ly/2vkux0m
8/8 a 26/9 – terças-feiras – 14h00 às 17h00
40 vagas

Cronograma das atividades 
08/08 – Apresentação do projeto.
 15/08 – Discussão de trechos selecionados do Táxi e Crônicas No Diário Nacional.
 22/08 – Saída – Centro de São Paulo.
 29/08 – Discussão de trechos selecionados do Mário de Andrade Fotógrafo e Aprendiz.
 05/09 – Saída (Barra Funda) e discussão das propostas artísticas, no retorno à Casa.
 12/09 – Preparação das propostas artísticas.
 19/09 – Apresentação para o grupo.
 26/09 – Evento aberto ao público de mostra dos processos.

Sobre a Casa Mário de Andrade
A Oficina Casa Mário de Andrade foi inaugurada em agosto de 1990, no bairro da Barra Funda, endereço da antiga casa do escritor e intelectual Mário de Andrade, um dos principais ideólogos do movimento modernista e da Semana de Arte Moderna, em 1922. O espaço pertence à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e é gerenciado pela organização social Poiesis. A Casa abriga, além de oficinas de literatura e escrita, uma exposição permanente com objetos pessoais do modernista, além de gravações e filmes nos quais ele
aparece.

Sobre a Poeisis
A instituição tem por objetivo o desenvolvimento sociocultural e educacional, com ênfase na preservação e difusão da cultura, desenvolve e gere programas e projetos, pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais voltados para o complemento da formação de estudantes e público em geral. A POIESIS trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da
língua e da literatura.

Casa Mário de Andrade
Rua Lopes Chaves, 546 - Barra Funda - São Paulo – SP
Telefone: (11) 3666-5803 | 3826-4085
Horário de funcionamento: De terça-feira a sábado, das 10h00 às 18h00.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.