Realidade e ficção se misturam em “O Amor me Esperava em África”

sexta-feira, junho 09, 2017

Baseado na história de amor de uma brasileira no continente africano, o romance aborda assuntos densos como a condição da mulher e a bruxaria

Em novembro de 2014, Luciene Almeida de Figueiredo procurou Isabel Fomm de Vasconcellos com uma proposta: queria que a jornalista e escritora de quem era fã e amiga virtual transformasse sua história em livro. “Luciene dizia ter lido todas as minhas publicações e fazia questão de que eu escrevesse sobre sua vida. E ela não precisou de muito esforço para me convencer, afinal a experiência que vivenciou em África esbarrava na condição da mulher e na bruxaria, dois assuntos que sempre foram tema dos meus livros”, explica Isabel.

As duas nunca se encontraram pessoalmente, mas, apesar disso, a ligação entre elas fluiu como se a distância física não existisse. Isabel começou a escrever o livro em maio de 2015, depois de ouvir o relato de Luciene e de pesquisar sobre o continente africano, suas diferenças e semelhanças. 

A autora idealizou um país imaginário que misturava tudo, o real e o fictício, e desenvolveu um romance de amor e de magia. De acordo com Isabel, o que Luciene viveu a inspirou a criar Adelaide, a heroína. “A personagem tem basicamente a mesma história de Luciene, mas com variáveis completamente diferentes: ela é seguida por magas, à distância e secretamente, que visam a protegê-la de uma grande feitiçaria feita na Bahia para sua família. No livro, Adelaide tem também uma amiga que nunca existiu de verdade na vida de Luciana; é, bem como o são as magas, invenção minha!”, conta. 

Isabel relata que normalmente escreve um livro em cerca de três meses, mas “O Amor me Esperava em África” levou um ano e quatro meses para ficar pronto, pois a escritora dependia do tempo livre de Luciene para lhe contar a história que servia de inspiração para o romance.

Uma semana depois de “O Amor me Esperava em África” ficar pronto, Luciene sofreu um grave acidente, provocado por um motorista alcoolizado, que a privou de ver seu sonho realizado. Isabel acredita que o livro se destina a todas as pessoas que sabem que a vida é mais do que normalmente enxergamos. “A história pode influenciar os leitores de muitas formas: na coragem da heroína principal, no desafio de encarar uma nova vida, com um novo parceiro de uma cultura diferente e em um continente culturalmente diverso para os dois... Se eu pudesse resumir o livro em uma frase, seria: Há mais mistérios entre o céu e a terra do que sonha nossa vã filosofia’”, finaliza.

Lançado pela editora Livrus, o livro está à venda nas versões impressa (R$ 30,00) e e-book  (R$ 15,00) e pode ser adquirido pelo site www.livrus.net ou do link no portal da escritora Isabel Fomm de Vasconcellos (http://www.isabelvasconcellos.com.br).

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.