Carta de saudade para a minha melhor amiga

terça-feira, novembro 08, 2016
Resultado de imagem para ja estou com saudades filme

Hey, amiga, como está?

Eu sei que as coisas andam um pouco corridas, não está fácil. Nossos horários já não coincidem como antes, nem temos tanto tempo de sobra para pegar aquele velho e bom filme para assistir, com um balde de pipoca entre nós e uma jarra de suco de melancia.
Faz tempo também desde a última vez que nos maquiamos para tirar algumas fotos e ficamos ouvindo aquela banda, lembra? Aquela que tem a música que ouvimos na primeira vez que alguém partiu seu coração. Lembra? Você chorou, disse que nunca mais amaria ninguém como amou daquela vez. Ah, se soubéssemos que seria assim a vida.
Teríamos corrido mais no meio das árvores, nos empurrado mais nos balanços da pré escola, teríamos aproveitado mais cada segundo sendo crianças e não mentalizando como seria nossa vida quando atingíssemos a maioridade.
Não teríamos ficado pensando em faculdade, nem em empregos, amores.
Sinto sua falta, amiga.
De ti no meu dia a dia, mas entendo a sua correria, assim como vivo a minha.
Várias vezes, a beira de cometer algum erro, sua vez vem a minha mente dizendo "não faça isso" ou "deixa de ser besta".
Ouvi sua voz também quando vi aquela menina que costumava implicar com a gente, quando éramos pequenas, e você dizia "olha lá a piranha nadando fora d'água!".
Outro dia fui no show daquela banda que costumávamos ouvir.
Eu sei, você não pode ir porque tinha coisas da faculdade para fazer, mas senti sua falta. Quando tocou a nossa música, quis seu abraço, quis você do meu lado pra gente dividir as partes e cantarmos juntas.
Dia desses você me convidou para irmos no cinema, desculpa por não ter ido. 
A grana estava curta e, além disso, tive que dobrar no emprego.
Mas você entende, eu sei que sim.
Ainda não chegamos na fase do casamento e nem dos filhos, mas sei que quando chegarmos, você estará no altar me esperando e eu estarei na maternidade com o pequeno você no colo. 
Temos tanto para viver ainda, amiga! Tanto tempo, tantos sonhos, tantas conversas aleatórias e sem sentido algum, tantos filmes, tantas músicas, tantas risadas.
Dia desses assisti um filme com a Drew Barrymore, Já Estou Com Saudades, e em cada cena, lembrei de nós. Da amizade forte, do tempo. 
Foi naquele dia que te liguei de madrugada e você tinha acabado de chegar em casa, estava meio bêbada, mas isso só ajudou a conversa a ser melhor ainda.
Algumas pessoas não compreendem como uma relação sobrevive na correria, seja ela de amor ou amizade, pessoas essas que não fazem diferença alguma na nossa vida, afinal, se elas não possuem, não entendem o sentimento e nem como ele é forte.
Apesar de tudo, sei que se eu precisar, a qualquer momento, você vai estar lá. Para me ouvir, talvez dar uma bronquinha, me dar aquele conselho que, na hora, provavelmente não fará sentido nenhum, mas que em algum momento se encaixará. Sei que você estará feliz pelas minhas conquistas, assim como estarei por você.
Nossa amizade vai além de qualquer abismo que o tempo e a correria possam criar, temos laços, laços fortes de carinho, confiança e amizade, que nada e nem ninguém são capazes de quebrar.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.