Vamos falar sobre o amor?

quinta-feira, agosto 18, 2016

Nos shows da Legião Urbana, Renato Russo costumava perguntar quem que já sofreu por amor?
Grande parte do público respondia eu e, em tom de zoeira, Renato continuava Isso tudo já se apaixonou de verdade? Eu sempre faço essa pergunta porque eu não acredito nisso. Eu cheguei a conclusão que, se o amor é verdadeiro, não existe o sofrimento.
E... é isso mesmo? Até que ponto podemos concordar com Renato e a partir de qual podemos ir contra?
Dicionários definem o amor como forte afeição por outra pessoa, nascida de laços de consanguinidade ou de relações sociais, mas qual é o real significado do amor?
Oscar Wilde costumava dizer que:

O amor deveria perdoar todos os pecados, menos um pecado contra o amor. O amor verdadeiro deveria ter perdão para todas as vidas, menos para as vidas sem amor.

Seja ele platônico, verdadeiro, incondicional, próprio, fraterno, tenha em mente que o amor não faz mal.
Amor é paz, amor é carinho, amor faz bem! Ame, ame hoje, ame amanhã, ame sempre, mas tenha em mente que amor é para fazer o bem, ame o imperfeito, ame o perfeito, mas ame!
Amor não pede definição, amor pede apenas reciprocidade. 
Mas, no final das contas, somos obrigados a concordar com Maria Rita, que canta:


Me disseram uma vez
Que o danado do amor
Pode ser fatal
Dor sem ter remédio pra curar
Me disseram também
Que o amor faz bem
E que vence o mal
E até hoje ninguém conseguiu definir
O que é o amor

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.