Entrevista: Ray Tavares, autora

terça-feira, agosto 09, 2016
Tudo começou quando eu tinha uns 13 ou 14 anos. Eu já era uma veterana no mundo das fanfics e cheguei ao ponto de conhecer todas as que atualizavam diariamente. Até que encontrei uma que me prendeu do início ao fim, chamada Gossip Boys
A partir dessa história, comecei a acompanhar Raíssa Tavares, a Ray, onde quer que ela postava e qual que fosse a história. 
Agora, anos depois, Ray está prestes a lançar seu primeiro livro físico, depois do sucesso de Os 12 Signos de Valentina no Wattpad, então chamei ela pra bater um papo com a gente!

Lá no início das fanfics (histórias criadas por fãs), você já era um sucesso e, depois das suas primeiras histórias, muito conhecida como a rainha das colegiais (fanfics que se passam na época do colegial). Você se inspirou no seu momento para começar essas histórias?
R: Eu comecei a escrever fanfics colegiais aos 13 anos - eu estava entrando no primeiro ano do Ensino Médio. Acho que é uma coisa meio natural que uma adolescente escreva o que outros adolescentes querem ler, porque ela está vivendo aqui lá e sabe quais são as ânsias, desejos, sonhos e angústias, então eu me utilizei muito do momento vivido. Conforme fui crescendo, ganhei muito mais experiência, conteúdo e vocabulário, mas, por outro lado, perdi um pouco isso de "saber o que o adolescente quer ler"; acho que consegui resgatar um pouco essa essência com Bola na Rede, que fez muito sucesso entre as adolescentes, mas hoje, aos 23 anos, eu prefiro muito mais escrever histórias de jovens adultas, que é, coincidentemente, o momento que estou vivendo.

Os 12 Signos de Valentina foi um sucesso absoluto no Wattpad, fazendo com que a história virasse um livro. Desde o começo, era esse o seu foco? Ou foi consequência?
R: Sendo bem honesta? Sim e não. Sim porque sempre foi o meu sonho, desde que eu comecei a escrever, publicar um livro. Não porque eu nunca escrevia com foco nisso, eu escrevia porque precisava escrever, porque tinha uma história para contar. O sonho sempre existiu, mas a história se destacar e ganhar essa oportunidade foi consequência.

Para os desavisados, do que se trata a história?
R: "Os 12 Signos de Valentina" conta a história da jovem adulta Isadora, que namorou seis anos e foi traída. Ela fica muito triste e não consegue sair da fossa, então a sua prima, Marina, vendo que Isadora não pretende reagir, arranca ela da cama e leva ela pra dançar. Isadora bebe demais e, no banheiro da festa, descobre através da faxineira que só não deu certo com o ex-namorado porque eles eram inferno astral um do outro; Isadora pira e acha que tudo é signo e, unindo o útil ao agradável, resolve transformar o seu trabalho final de Jornalismo Online em um blog de experiências com os doze homens do zodíaco. Porém, no meio do caminho, ela se vê apaixonada pelo único garoto que não sabe qual é o próprio signo.

Signos é um assunto que está em todas as redes sociais, você sempre gostou? Ou teve que estudar para criar os personagens?
R: Eu sempre amei astrologia! A minha mãe sempre lia o meu horóscopo mensal e, desde cedo, eu comecei a pesquisar sobre o assunto. Claro que o booom da astrologia entre o povo de humanas me incentivou a escrever a história, e eu tive que pesquisar bastante e aprendi coisas novas, mas grande parte do exposto no livro foi um conhecimento aprendido ao longo dos anos.




Você foi uma das fundadoras do CDA (Clube das Autoras) e, após o "falecimento" do site, criou o UP! (Universo Paralelo), com a, digamos, nova geração de autoras. Você percebeu alguma diferença, da equipe de um site para o outro?
R: A única diferença é o tamanho, para ser sincera. É muito mais difícil administrar um site com 15 pessoas do que com 6, como era a primeira versão do CDA - ao mesmo tempo que é mais trabalho para apenas 6 meninas, quando estamos em 15 é super difícil organizar quem fica com o que e como vamos colocar todos os nossos objetivos em prática. As meninas do UP são mais novas agora, mas não perdem em nada em responsabilidade e talento. :)

Podemos criar esperanças de ver mais projetos seus serem lançados?
R: Olha, eu tô criando várias, mas ainda não existe nenhuma oferta. Vamos ver como "Os 12 Signos de Valentina" vai vender... se der certo, por que não?


Ela vai estar na Bienal de SP dia 27 e, caso você ainda não tenha lido 
Os 12 Signos de Valentina, corre que ainda da tempo! No perfil da Ray no Wattpad  você encontra além, dessa história, várias outras que indico com todo o meu coração! Ah, indico também que entrem no grupo, lá sempre rola umas coisinhas especiais sobre as histórias!

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.