Me deixe ser...

domingo, abril 10, 2016

Me deixe ser quem você vê logo que acorda. 
Me deixe ser quem te faz sorrir, quem te dá o ombro em momentos de dor, mas quem também te faz cosquinhas para tirar seus melhores sorrisos e gargalhadas.
Não seria tão ruim assim ter suas mãos nas minhas todos os dias, nem ouvir o som da sua voz. Eu poderia ser a última voz que você ouviria antes de dormir, assim como seria a primeira ao acordar.
Tudo bem se você não quiser, mas seria pedir demais que me emprestasse seu coração alguns dias da semana? Aos domingos, que tal?
Eu sei que as pessoas costumam fazer promessas e, sem mais nem menos, quebrá-las. Mas eu posso ser aquela pessoa que fará você acreditar novamente em todas as coisas que sempre quis, assim como farei com que acredite no amor e que estarei ao seu lado.
Por favor, não te farei promessas em vão, não jogarei palavras no ventilador, por favor, acredite quando digo que sou a pessoa que fará seus sonhos se tornarem realidade.
Não, eu não estou dizendo que seremos perfeitos um para o outro, nem que não vamos brigar, muito menos que vamos mudar um pelo outro. 
Iremos nos adaptar, irei enxergar seus defeitos, assim como, no momento certo, começarei a deixar os meus expostos aos seus olhos e, então, veremos que perto do sentimento que temos, qualquer defeito ou problema pode ser tratado como uma mera pedra, dessas que aparecem na estrada e que apenas chutamos para um canto qualquer.

(Texto baseado na música Not a Bad Thing, Justin Timberlake) 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.