Nunca soube amar...

terça-feira, março 29, 2016



O menino, forçado a virar homem,  tornou-se fera. E seus sentimentos foram esquecidos. Sua dor eu pude sentir, mas não pude abraçar. Embora as vezes, tudo precise ser um abraço. Sua tenacidade se dissolveu em meio aos copos cheios que em vão tentaram preencher seu vazio. Os pensamento de morte dominaram seu peito, e tomaram sua cabeça. O fim do poço chegou. Longe está agora a "luz no fim do túnel" e o que resta é continuar a escavar suas entranhas atrás do amor que teve, mas nunca soube. Tentar irá, amor encontrar. Mas a dor virá o buscar, e eu sentirei mais uma vez sua dor, rezando pelos cantos em vão por sua vida,  suplicando para que você não se sufoque dentro dessa caixa que você mesmo criou. Quero te reencontrar,mas antes você precisa se encontrar.  Aqui deixo meu coração feito em vermelho pulsante , que bate saudável. Aqui o deixo e o empresto, para que você saiba que eu também já estive onde você está, mas eu sai. Sim, eu consegui sair e aprendi que na verdade fui eu quem não soube amar. 
E você também sabe: você, nunca soube amar.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.