Resenha: Para Todos os Garotos que Já Amei

domingo, dezembro 06, 2015


 Resumo: Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

Autora: Jenny Han
Ano: 2015 / Páginas: 320

Idioma: português 
Editora: Intrínseca



Resenha: Lara Jean mora com o pai e as duas irmãs, apesar da personalidade diferente, a família possui uma química invejável.
Tudo começa a mudar quando Margo, a irmã mais velha, entra em uma universidade na Escócia, por ser muito longe, a família precisa se readaptar, principalmente Lara, que agora passa a ocupar o lugar de irmã mais velha.
No meio de toda essa mudança, Lara tem uma surpresa inesperada. De alguma forma, as cartas que ela escreveu quando estava apaixonada, foram enviadas. Mas como assim? A resposta pra essa pergunta só é revelada no final do livro, e confesso que fiquei um pouco surpresa.
E que são essas cartas? Logo no começo do livro ela relata:



"Não são cartas de amor no sentido estrito da palavra. As minhas cartas são para quando já não quero estar apaixonada. São para despedidas. Porque, depois de escrever a minha carta, já não sou consumida por esse amor devorador. Se o amor é como uma possessão, talvez as minhas cartas sejam o meu exorcismo. As minhas cartas libertam-me. Ou pelo menos era para isso que deveriam servir."

E quando ela descobre que as cartas sumiram, entra em pânico, principalmente porque uma das cartas foi escrita o Josh, namorado da irmã mais velha



Assim que Josh vem procurá-la, Lara acaba inventando uma história pra tentar disfarçar, nessa história ela tem um namorado. O que deixou Josh ainda mais confuso, mas não só ele, a própria Lara ficou perdida nessa mentira.
Tudo isso deu uma guinada na vida de Lara, ter seus sentimentos expostos assim não deve ser fácil, contudo ela os enfrentou (mesmo tendo sido forçada a isso) o começo foi difícil, mas só assim ela descobriu o quão incrível a vida pode ser. 

Esperei um final comum, não que o final seja absurdamente único, mas foi diferente do que eu esperava. Quase me decepcionei, quase, pois descobri que tem o livro 2. E fiquei feliz de novo :D




É um romance bem clichê. A garota sonhadora, o cara popular, briga de irmãs. A leitura flui super bem, a escrita é suave, os personagens são bem construídos. O tipo de livro que enquanto você lê, de repente se pega com um sorrisinho bobo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.