Diário de viagem: Natal

PARA TUDO!
SÓ TEM BUGGY AMARELO NESTA CIDADE, TÔ APAIXONADA!

Ontem foi o passeio de buggy, estou mais lagosta ainda, jajá posso escrever o livro 50 Tons de Vermelho, sem contar no meu cabelo que mais parece uma vassoura. Mas quem liga pra isso?
Minha cabeleireira vai ligar, e muito... Mas isso eu deixo pra me preocupar semana que vem, no momento quero contar pra vocês sobre como esta cidade é linda e como estou apaixonada por ela.

Ponte Newton Navarro
Passamos pelas dunas onde algumas cenas da novela O Clone foram gravadas, lembra? Aquela que tinha a Jade e os gêmeos, tenho certeza que vocês lembram. Eu, por exemplo, assisti quando passou e as duas vezes que reprisou no Vale a Pena Ver de Novo. Me chamem de noveleira, tô nem ai, sou mesmo.

Dunas onde cenas da novela O Clone foram gravadas
Um pouco mais para frente, chegamos nas Dunas de Genipabu, onde para todos os lados que você olha é areia, areia e mais areia.
Paramos para tirar fotos e no momento que olhei para o lado, ali estava meu novo amigo: ORLANDO.
Orlando é um jegue muito simpático que usa flores na cabeça e tira foto com todo mundo. Mais alguns passos acabei encontrando a Gabriela, uma jegue também fofa e que começava a seguir as pessoas.
Estou apaixonada por eles até agora.

Orlando e Gabriela ♥
Subimos no buggy novamente e lá fomos nós, mais areia, areia, areia, emoção, emoção, buggy quase me mata do coração com as curvas que faz, areia, areia,  até que chegou o momento aguardado: DROMEDÁRIOS!
Eles são totalmente do amor, você pode chegar perto, tirar foto, passar a mão – só segurar a respiração, porque o bichinho fede que é um pecado – ou fazer um passeio nele.
Na apresentação do diário falei para vocês que eu ia, mas chegou na hora me deu um dó de ver os bichinhos andando pra lá e pra cá que acabei passando a vez e não indo.
Depois de ver os domefriends, fomos novamente para o buggy e andamos mais um pouco, até chegar nessa lagoa de água limpinha para dar um mergulho.
Acabei não indo, mas meus pais e minha irmã foram e falaram que a água é tão limpa, que dá para ver os peixinhos nadando por ali.

Dromedunas
30 minutos depois fomos para o Bar da Lagoa, onde também tem uma lagoa limpinha. Lá você pode pular na tirolesa ou andar nos pedalinhos, coisa que eu amo e ninguém tem coragem de ir comigo, só porque não tenho muito senso de direção.
Quem liga pra isso? Eu hein.
Ficamos no Bar da Lagoa por meia hora e depois seguimos para um restaurante ali por perto para almoçar, acabamos por ali e voltamos para o hotel.


Tirolesa e pedalinho no Bar do Lago
Bom, o passeio durou cerca de 6 horas, mas isso depende de você. Caso não queira fazer todas as paradas, fica a sua escolha, já que o bugueiro fará todos, desde que você diga algum que não quer, como nós que não fomos ao aquário.
Uma dica SUPER IMPORTANTE que todos os guias nos deram foi sempre pegar um bugueiro autorizado. O preço que você paga é caro, mas você terá a segurança de estar com alguém licenciado, em dia com a justiça da cidade e que saiba o que está fazendo, nenhum preço adicional será cobrado como a balsa ou a ida até as praias, você só paga o que consome ou os passeios que queira fazer, como o nos dromedários ou a tirolesa.
Eu, como uma boa cagona, não tive coragem de ir na tirolesa, quase tive um treco vendo o pessoal descendo, então... :T

Bom, por hoje é só!
Vou aproveitar esse sol lindo, essa vista, esse pudim maravilhoso do restaurante, as cocadas, tapioca e tudo que eu tenho direito, já que hoje é meu último dia aqui, amanhã de manhã volto pra São Paulo e, então, olá rotina de estágio/faculdade.
O último dia de diário sairá no domingo, como um resumão de toda a semana que fiquei por aqui, principalmente pelo fato de que vou estar em casa e ai todas as fotos vão carregar sem problemas.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.