Diário de Viagem: Natal

- POST ATUALIZADO 28/07 -

Olá, domingo e olá primeiro dia de diário!
Vamos começar com explicações, já que ontem eu acabei não postando sobre como foi... Afinal, o que eu poderia postar sobre um dia em que acordei às 4h da manhã, para estar no aeroporto às 6h, já que o voo sairia às 8h? No final das contas, atrasou tudo e a linda da aeromoça (air hostess, I like the way you dreeeeessss) disse que sairíamos às 9h30, mas por fim, saímos 10h30 da manhã!
Pra ajudar a situação da minha pessoa, a internet está bem precária e as fotos lindas que tirei para postar aqui não carregaram, mas em compensação meu 3G está a todo vapor e, quem quiser, pode ir acompanhando pelo meu Instagram, mas prometo que quando voltar para casa, vou atualizar os posts com as imagens. 
Bom, chegamos em Natal às 3h da tarde e demorou cerca de 1h para conseguirmos fazer o check-in, Deus, cansei tudo de novo só de contar aqui como foi.
Mas vamos para a parte boa da coisa, hoje saímos aqui do hotel 7h30 para o City Tour, que foi bem rápido, 3h da tarde já estávamos de volta, mas claro que tirei fotos dos lugares por onde passamos.
Natal é uma das cidades mais velhas e cheias de histórias do Brasil, inclusive passamos pelo Bairro da Ribeira, que é o segundo mais velho da cidade e que fica na parte alta, onde fica toda a parte mais antiga, enquanto a mais nova fica na parte baixa.
Seguindo esse caminho, passamos por onde foi gravado o filme O Homem Que Desafiou o Diabo, também conhecido com o título do livro, As Peleijas de Aruara.


Na parte de praias acabei fazendo uma confusão tremenda! Elas são bem coladas umas nas outras, até tirei fotos, mas não consigo identificar qual é qual, então vamos as explicações no geral!




Passamos pela Praia dos Artistas, que tem esse nome por culpa dos artistas que colocavam nela suas pinturas e outras artes para vender (quero vender minha arte na praia... vibe da moça do vídeo), Praia do Meio que é uma espécie de ponto de encontro de todos da cidade aos domingos e pela Praia do Forte, é onde fica a Fortaleza dos 3 Reis Magos.
Olhem, não foi fácil anotar tudo isso, o guia fala rápido demais e acabei ficando até atordoada, mas tudo passou no momento em que chegamos ao presídio.



Que? Presídio? Laís, o que você tá fazendo, garota?

Calma, eu explico!
O que um dia já foi um presídio feminino, hoje em dia é tipo um shopping do artesanato, as antigas celas agora são lojinhas onde você vai encontrar de tudo, inclusive não resisti e comprei duas saídas de praias lindas.




Ficamos cerca de meia hora ali, depois seguimos para almoçar a beira mar em um restaurante.
Pasmem, comi peixe e não passei mal – pelo menos não até o momento em que escrevi isso! -.
A vista era linda, assim como tudo a nossa volta. Minha mãe encanou que queria tirar foto nessas rochas, mas me recusei, já que tenho uma péssima experiência de rochas molhadas e escorregadias, da nossa última viagem para o Nordeste.



Depois do almoço, voltamos para o hotel e então aproveitamos um pouco da piscina, a vista daqui é sem explicação de tão linda que é.
Peço desculpas pela demora na postagem, mas, como falei no começo do post, o Wi-fi aqui tá bem precário e fiz uma macumba bem louca pra conectar o 3G do celular no notebook, espero que no próximo capítulo do diário a minha urucubaca funcione novamente, ou vou ter que fazer alguma gambiarra HAHAHA Hoje o dia foi bem calmo, mas acho que ainda  sinto o corpo cansado de ontem, então, tchau para vocês que vou comer algumas tapiocas e dormir!


Bjbj e até o próximo dia de diário! 


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.